O que fazemos?

Esta Comunidade dedica-se sobretudo à pregação e apoio das paróquias vizinhas, sobretudo no que diz respeito ao sacramento da Reconciliação, além dos serviços inerentes à nossa igreja. Além disto, é Comunidade Formativa: Seminário Menor, do 7º ao 12º ano. Dedica-se ainda aos mais diversos campos de actividade, como: formação, seminário, movimentos laicais, CPM, casais, associativismo, catequese (com mais de 1100 crianças e adolescentes), etc...

Foto de família


Encerrada a História de mais uma frustrada tentativa de Fundação Passionista, em terras lusitanas – Antuzede –, iniciou-se a História da presença em Vila da Feira! A escritura da compra da Quinta da Cruz, no lugar da Cruz, verificou-se no dia 23 de Março de 1965.
Os primeiros Religiosos chegaram a Vila da Feira no dia 17 de Abril de 1965, conforme o registo que consta no livro de Movimento do Pessoal desta Casa Religiosa. A entrada solene verificou-se a 9 de Maio de 1965. Era Superior Comissário, o P. Bento Tarola (italiano) e foi nomeado primeiro Superior, o P. Sebastião da Imaculada (Teresa Terradillos).
O lançamento da primeira pedra da nova Escola Apostólica de Vila da Feira realizou-se no dia 6 de Maio de 1967, depois do projecto da construção do Seminário ter sido aprovado pela Cúria Geral dos Passionistas a 13 de Maio de 1966. Foi benzida a 1ª pedra no dia 30 de junho de 1968, tendo presidido à celebração o Administrador Apostólico da Diocese do Porto, D. Florentino de Andrade e Silva, estando presentes quase todos os membros da Congregação em Portugal, as autoridades locais e um grande número de fiéis e amigos provenientes não só de Vila da Feira, mas também de Barroselas e Arcos de Valdevez. Era Comissário o P. Sebastião da Imaculada (Teresa Terradillos) e Superior da Casa de Vila da Feira, o P. Bento dos Sagrados Corações (Pierino Tarola). A 28 de Setembro de 1970 era admitido o primeiro grupo de seminaristas, em número de 23, sob a direcção do P. Porfírio Sá, sendo Superior da casa o P. José Queirós.
A segunda fase da construção do Seminário iniciou-se a finais de 1978, tendo sido concluídas em 1983, sendo Superior Vice-Provincial o P. Joaquim Gonçalves Vieira da Cruz.
Hoje, o «Seminário da Santa Cruz dos Missionários Passionistas», com sede no lugar da Cruz, freguesia e concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro e Diocese do Porto é uma consoladora realidade que é fruto de muito sangue mas também de muita generosidade de um sem-número de amigos e benfeitores que estiveram ao nosso lado desde a primeira hora.