Bispo de Viana em Barroselas

Na semana de 20 a 26 de fevereiro realizou-se a Visita Pastoral de D. Anacleto Oliveira à paróquia de Barroselas (União de Freguesias Barroselas/Carvoeiro), com uma programação específica. Dessa programação destacamos a presença do Sr. Bispo na missa vespertina das 18:30 H, na Igreja do seminário. A missa foi concelebrada, presidindo à concelebração D. Anacleto, acompanhado de todos os sacerdotes da nossa Comunidade e do P. Domingos, pároco da União de Freguesias Barroselas/Carvoeiro.
No início da celebração, o P. José Queirós, Superior desta Casa, dirigiu ao Sr. Bispo palavras oportunas e simpáticas de boas-vindas, recordando sumariamente a ação dos Missionários Passionistas em Barroselas e freguesias circundantes, ao que o Sr. Bispo respondeu com gentileza, manifestando a sua alegria e comprazimento não só pela ação dos Missionários Passionistas nesta zona mas também pelo convite que lhe foi dirigido para ‘estar’ uns momentos com a nossa Comunidade Passionista de Barroselas.
À hora da homilia D. Anacleto dirigiu palavras simples e diretas a toda a assembleia, com a igreja ‘bem composta’, tomando como referência as «crianças», para nos recordar que o Reino de Deus é daqueles que se fazem simples, verdadeiros e puros como elas.
Como foi referido, a igreja estava ‘bem composta’, com um número significativo de fiéis e a presença de muitos elementos do Grupo Coral S. Paulo da Cruz, o qual, orientado pelo P. Fernando, solenizou a Eucaristia com cânticos apropriados, merecendo no final um louvor do Sr. Bispo, que ‘caiu bem’ e serviu de motivação para o futuro, a fim de que o Grupo se mantenha forte, unido e entusiasmado, e se possível cresça em número e qualidade.
Terminada a celebração, D. Anacleto foi convidado a fazer uma rápida visita à Sede do Grupo S. Paulo da Cruz, a que se seguiu um jantar-convívio no refeitório da Comunidade. Conversámos, trocámos impressões sobre temas diversos, e até alguns ‘gracejos’, num ambiente sóbrio e bem-disposto.
A refeição também foi sóbria e bem preparada. E chegaram as despedidas afáveis e os votos de novos encontros como o realizado. Foi muito bom estarmos com o nosso Bispo e sentirmos que nós, os Passionistas, somos uma parte viva e dinâmica desta Diocese de Viana do Castelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *