Maria não é Cheia de Graça porque disse Sim, mas disse Sim porque é a Cheia de Graça

“Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus.” (Lc 1, 30-31)

Daqui a nove meses estaremos a celebrar o Natal de Jesus. Assim sendo, no dia de hoje, somos convidados a recordar a Anunciação do Anjo a Maria e a Encarnação do Verbo. O texto evangélico deste dia convida-nos a descobrir a verdadeira identidade do Menino que vai nascer: Filho de Maria (condição humana), Jesus (Salvador), Filho do Altíssimo (condição divina) e Filho de David (Messias). Além disto, também nos recorda como aconteceu o grande prodígio da Encarnação, para que também aprendamos a dizer Sim. Como recorda Santo Inácio de Loiola, Deus ao ver o estado de pecado e de infelicidade em que o ser humano se encontrava só podia dizer “façamos redenção”. Por isso, decide encarnar, fazer-se homem. Mas para que o seu plano de salvação se concretizasse, necessitava da colaboração do ser humano, do Sim de Maria. Também hoje, sempre que voltamos a dizer sim aos planos de Deus, Jesus volta a encarnar, volta a tornar-se presente na nossa história operando a salvação. Mas como seremos capazes de dizer Sim aos projetos de Deus? É o próprio Deus que nos fortalece e torna possível o nosso Sim. Maria não é Cheia de Graça porque disse Sim, mas disse Sim porque é a Cheia de Graça. A missão proposta por Deus pode ser difícil e desconcertante, mas é sempre precedida por um amor que nos envolve, por uma presença que nos abriga e por uma força que nos recria. Também a nós, como a Maria, tal amor nos perturba: quem sou eu para assim ser amado e para assumir tamanha missão? No entanto, a lógica de Deus não é a do mérito, mas a da Graça. Se faltam tantos sins à vontade de Deus neste nosso mundo, talvez se deva ao facto de as pessoas ainda não terem experimentado até ao fundo o amor de Deus.

(Photo by Ryan Franco- Unsplash)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print
Share on email
Email

Leave a Comment