Senhora do Minho em Barroselas

No dia dois de maio de 2018, pelas 21h15, chegou à igreja do Seminário dos Missionários Passionistas de Barroselas a «imagem peregrina» de Nossa Senhora do Minho, que anda a percorrer todas as paróquias e Casas Religiosas da Vigararia de Viana do Castelo, diocese de Viana do Castelo.
A «imagem peregrina» veio da igreja paroquial de Carvoeiro, acompanhada pelo pároco, P. José Domingos, e por um bom grupo de fiéis. Antes de entrar na igreja do Seminário, foi organizado um pequeno cortejo festivo com a Cruz paroquial à cabeça, o pároco, o P. Superior da Comunidade Passionista de Barroselas e o P. Nuno Ventura, o andor da «Senhora», bela e ricamente adornado, alguns acólitos e um grupo de cantores, que entoavam em marcha lenta, juntamente com as pessoas ali reunidas, o cântico ‘Ave Senhora do Minho’, com letra e música do P. Benjamim Salgado. As vozes de todos os acompanhantes encheram as altas arcadas da igreja – vozes vibrantes de entusiasmo, devoção e alegria.
Colocado o andor no local previamente preparado, entre a assembleia e o altar, cantou-se o cântico a Nossa Senhora ‘Bendizemos o teu nome… / Aqui vimos, Mãe querida…’, como que a dar as boas-vindas a Nossa Senhora do Minho, exprimindo também a alegria do encontro com os fiéis reunidos na igreja do Seminário.
O pároco da União de Freguesias Barroselas/Carvoeiro, P. Domingos, dirigiu a todos umas breves palavras de regozijo e simpatia, a que se seguiu a ‘entrega oficial’ da «imagem peregrina», que ficou exposta à veneração do povo de Deus na igreja do Seminário, até sábado, dia cinco de maio. A Comunidade passionista de Barroselas, como é óbvio, esteve presente e participou no acolhimento e na celebração.
Seguidamente, tomou a palavra o P. Superior da Região FAT e também superior da Comunidade passionista de Barroselas, P. Paulo Correia, para agradecer a entrega e a presença da «imagem peregrina» de Senhora do Minho na nossa igreja, que foi uma presença benfazeja e uma bênção para todos, não fosse ela a Mãe de Deus e nossa Mãe. Logo depois, procedeu-se a uma breve e apropriada celebração, com a reza do terço, oração dos fiéis, leitura do Evangelho da Visitação, breve homilia, pelo P. Paulo, e bênção final. A celebração terminou com o cântico ‘Senhora Nossa, Senhora Minha’. O P. Fernando orientou os cânticos. A «imagem peregrina» ficou exposta à veneração de todos os fiéis que a quiseram visitar na nossa igreja, do dia dois ao dia cinco de maio – dia em que foi transportada no seu andor, em devota e jubilosa «procissão de velas», para a igreja paroquial de Barroselas. Escutar o Hino Avé Senhora do Minho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *