V Estação - Jesus é julgado por Pilatos

por P. Nuno Ventura Martins, CP in Notícias de Viana

Jesus é julgado por Pilatos.
Pilatos convocou os sumos sacerdotes, os chefes e o povo, e disse-lhes: “Trouxestes este homem à minha presença como se andasse a revoltar o povo. Interroguei-o diante de vós e não encontrei nele nenhum dos crimes de que o acusais … Vou, portanto, libertá-lo, depois de o castigar.” Ora, em cada festa, Pilatos era obrigado a soltar-lhes um preso. E todos se puseram a gritar: “A esse mata-o e solta-nos Barrabás!” Este último fora metido na prisão por causa de uma insurreição desencadeada na cidade, e por homicídio. De novo, Pilatos dirigiu-lhes a palavra, querendo libertar Jesus. Mas eles gritavam: “Crucifica-o! Crucifica-o!” …. Então, Pilatos decidiu que se fizesse o que eles pediam. Libertou o que fora preso por sedição e homicídio, que eles reclamavam, e entregou-lhes Jesus para o que eles queriam. (Lc 23, 13-25)