🌺 DIA 25 com Maria: “Consoladora dos aflitos”

A aflição é um sofrimento muito mais intenso e profundo que uma dor física. Não é passageira. São tantos os acontecimentos que provocam aflições nos homens: ofensas, invejas, maldade. O homem não consegue esquecer facilmente as suas aflições, não existe um medicamento eficaz para terminar com a aflição. Uma pessoa amiga pode ajudar-nos a superar, aos poucos, as nossas aflições. No entanto, perante uma grande aflição o homem dirige-se a Deus, ou fecha-se em si mesmo. Os cristãos recorrem a Jesus e a Maria quando se afundam no mar das aflições. Maria compreende as aflições do homem, porque também ela viveu momentos imprevistos de grande tensão e dor, como por exemplo: a viagem forçada para Belém, a profecia de Simeão, o ódio de Herodes, a morte de José, e o sofrimento junto á Cruz. O cristão sabe que encontra compreensão em Maria, e assim não permanece na desilusão. Nós acreditamos que a Virgem Maria dominava cada situação confiando-se a Deus. Só o facto de invoca-la dá-nos serenidade e abre-nos á esperança. Não nos sentimos sós. Sobretudo porque ela conhece o nosso coração. O que testemunha, por exemplo, que Maria está sempre junto dos aflitos são os santuários e igrejas dedicados á Nossa Senhora da Consolação ou Consolata.
🔥  MEDITAÇÃO pessoal: 
Em quem confio quando vivo qualquer aflição?
Acredito que me posso abrir á esperança com o auxílio singular e amoroso de Maria?
Abandono-me a mim mesmo nas aflições?
🙏 HOJE:
Rezamos pelos homens que não conseguem encontrar forças para combater as aflições da vida. Confiemos a Maria as pessoas que conhecemos, e que vivem momentos de aflição provocados pela maldade humana.
Ave Maria…
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Print
Share on email
Email

Deixe um comentário